Tuesday, August 29, 2017

Conversa de valores...

- Filho, antes dizias que gostavas de mim e agora nada... Tens alguma coisa a dizer em teu favor?
- Até tinha, mas tu vais dizer que agora não tem o mesmo valor...
-Diz lá!
- Adoro-te!
- Pois mas agora (a pedido) não tem o mesmo valor!
Jajajajaja

Monday, May 29, 2017

Palmadas de queixinhas...


E quando eu te dei umas palmadas?!
Conta a minha irmã:
"Tinhas 3 anos e eu 11, quando vínhamos da fazenda para casa a estrada era toda tua, nãoo querias vir de mão dada. Um dia ias sendo atropelado pois fugiste-me de repente.
Levaste umas palmadas que me consolei e vieste depois de mão dada e sossegadito.
Quando chegaste a casa começaste a berrar e a fazer queixinhas à mãe. Depois fui eu que levei umas palmadas!"
jajajajaja

Tuesday, February 28, 2017

Sapato... sapatos

Quem me conhece sabe que não sou de chorar mas...
Dei conta que tenho o sapato (do pé esquerdo) roto... Mas agora tenho de comprar um par, não se vende à unidade...
Detesto gastar dinheiro desnecessariamente...
Jajajajajaja

Thursday, December 29, 2016

Hoje dei 8 irmãos a uma menina!


- Sr. Mixtu, eu não tenho irmãos, tenho 6 meios irmãos por parte do pai e 2 meios irmãos por parte da minha mãe. Não tenho irmãos dos meus pais!
- Menina, não existem meios irmãos, a menina tem 6 irmãos consanguíneos, 2 uterinos e não tem irmãos germanos!
- A sério?!
(Fiquei feliz por dar à nova queijeira, a Leonor, 8 irmãos!!! jajajaja)

Saturday, October 29, 2016

Algodão de Natal...


O sogro andava com desequilíbrio, na certa água nos ouvidos já que o homem faz natação.

Aconselhei colocar algodão nos ouvidos para secar a água.
Hoje já estava fino e agradeceu-me a ideia do algodão!
  Não faço a mínima ideia se foi pelo algodão mas pelo natal lembrá-lo-ei, ver se no envelope vêm mais do que os 100€ do ano passado!
Jajajajaja

Monday, August 29, 2016

As Rosas e o Piolho

Detesto ser pobre!
Não há dinheiro para rosas, vou ao Jardim do Coreto, este ano deu o piolho... lavo as rosas e lá vão para a jarra que a Princesa coloca na mesinha cabeceira.
Todos os dias lá tenho que passar as rosas por água porque (re)aparece o piolho...
Qualquer dia a Pastora vem mais cedo para casa e fica a saber que eu afinal ando a furtar rosas...
Razão tinha o meu querido e adorado paizinho quando me dizia: "vale mais ser rico e saudável que pobre doente"...
Jajajajajaja

Saturday, July 09, 2016

Sétima onda


És a sétima onda
A que chega mais longe
Ao meu coração...
Num mar tranquilo
Um velejar sereno
Que me embala
Numa canção de amor
Uma brisa mui quente
Que me faz sonhar
e manter acordado
Num voo alado...
(Na areia... uma garrafa, ao abri-la para além de pedritas, conchas e caracóis... este poema)

António Vega-Lucha de gigantes

_______________________________________________25.000 visitantes (Anterior counter),
ecoestadistica.com