Thursday, August 29, 2019

Quem tem tem


No verão, o gado vai até à Serra já que as pastagens da aldeia são parcas.
À noite, de regresso ao curral, ouvem-se os chocalhos das cabras saltitonas, felizes de terem a barriga cheia de ervas verdes e o galo a cantar...
Os chocalhos:
Dem Dem Dem
Dem Dao dem
Dao Dem
(O galo)
Cá CáRá Cá Cá
(As cabras)
Dom Dom Dom*
* Tradução para fala de gente, dos anos 30 e 40 e ainda na memória da minha mãe:
Quem tem tem
Quem não tem
Não come!
Nesta terra há! (O Galo)
Fome, Fome, Fome!

Saturday, June 29, 2019

Arroz de Pato



O Mixtuzinho I encontrou um patinho na propriedade da minha mãe. O pato era da vizinha, uns dias antes um cão vadio tinha morto uma pata e só tinha deixado 2 patinhos na capoeira.
Entregue o patinho à vizinha, logo eu lhe disse que quando o tivesse a comer que se lembrasse do meu campeão!
Ontem a vizinha veio trazer o pato... Para hoje temos comida!
Amanhä o Rafael vai ver se encontra outro animal perdido!
Jajajaja

Monday, April 29, 2019

Lobisomens


Nas aldeias da Serra sempre existiram lobisomens. Conheci um. Conheci-o enquanto homem e o povo a dizer que ele era Lobisomem.
Um individuo de estatura alta, cara redonda, meio desengonçado no andar.
Todos os anos ia a pé da Serra a Fátima, desconheço o motivo por tal peregrinação.
Conta a minha mãe que ele era visto na Vala do Diabo, umas jeiras de terra num fundão à entrada da aldeia. Para ir para essa granja havia uma encruzilhada, local onde aparecem os lobisomens!
A mesma narradora assegurou-me que os lobisomens demoram a morrer, alguém tem que herdar o dom.
Este senhor de que vos falo, no leito da morte, quem estava com ele, familiares e vizinhos, ouviram uma voz do Além: HERDA!
Sempre que tocava o sino da capela, o povo dizia que tinha sido este bom homem mas demorou algumas semanas para morrer, e só descansou no sono eterno quando deixou de se ouvir a voz, sinal, assegura a minha mãe, que alguém herdou o dom…

Thursday, February 28, 2019

Expressões..


Há expressões que ficam na memória, dos agentes funerários: Perante a pressa da minha parte, o António;
"Não há que ter pressa, ninguém é enterrado antes das 24h";
De um amigo; quando eu referia que não dava nada a ninguém, o Baganha;
"Dar dói e chorar faz ranho..."
E por terras de Figueiró dos Vinhos e depois de ter dito: Eu era tão feliz antes de vos conhecer;
O João:
"Vale mais ir ao curral e matá-las todas...dizia o meu avô!"
Jajajajaja

Saturday, December 29, 2018

Escritos do meu campeão


 (Ai se ele descobre que eu ando a ler os seus escritos e a publicar!!!!! Está me a apetecer chorar!!!! jajajaja)
***
De noite há luzes a acender
o luar a aparecer
que iluminam a escuridão.
De noite há frio a nascer
e calor a morrer.
De noite visto o meu pijama
e vou para a cama
fico enrolado
com a almofada ao meu lado.
De noite sonho nos que já
partiram e nos que virão.
De manhã vejo a dia a nascer,
os pássaros a cantar
a vizinha a gritar...
Depois vem a rotina
Pequeno almoço, café,
trabalhar de manhã
almoçar, trabalhar à tarde,
jantar e sonhar
para no outro dia ir trabalhar.
Mas depois sinto um alívio
quando chega o fim de semana
pequeno almoço, relaxar,
ir às compras e comprar
é só gastar o dinheiro
que ganhamos por trabalhar.
A vida é assim
temos de dar para receber
mas há datas especiais
tal como o nosso aniversário
ou do nosso filho
a pascoa, o natal
que é só comer, festejar e depois
engordar!

Monday, October 29, 2018

O Melhor Pai do Mundo



Ó pai, tu para mim
és muito especial
dás-me amor e carinho
como tu não há igual!

Criaste de mim
muito bem
como tu não há ninguém.

És doce e amigo
és o meu pai
preferido!

Parabéns Pai, gosto muito de ti
De: Mixtuzinho I

Wednesday, August 29, 2018

Casa de Pobres...

- Oh Pai! Posso comer a última costeleta?
- Podes...
- Mas é o teu almoço para amanhã?!
(Suspiro soprado)
 *****
 - O que é a comida?
- Sopa (só sopa) somos pobres!
- Dá para eu repetir?
- Dá.
- Então não somos pobres!

António Vega-Lucha de gigantes

_______________________________________________25.000 visitantes (Anterior counter),
ecoestadistica.com