Sunday, December 30, 2007

Ouvindo e sentindo a natureza, "escutem" o poeta Ortiz, Pessoa e a minha amiga "Brisa"…e o eco da amiga Luci


FUI AL RÍO
Fui al río, y lo sentía
cerca de mí, enfrente de mí.
Las ramas tenían voces
que no llegaban hasta mí.
La corriente decía
cosas que no entendía.
Me angustiaba casi.
Quería comprenderlo,
sentir qué decía el cielo vago y pálido en él
con sus primeras sílabas alargadas,
pero no podía.
.
Regresaba-¿
Era yo el que regresaba?
-en la angustia vaga
de sentirme solo entre las cosas últimas y secretas.
De pronto sentí el río en mí,
corría en mícon sus orillas trémulas de señas,
con sus hondos reflejos apenas estrellados.
Corría el río en mí con sus ramajes.
Era yo un río en el anochecer,
y suspiraban en mí los árboles,
y el sendero y las hierbas se apagaban en mí.
Me atravesaba un río, me atravesaba un río!
(Juan L Ortiz, Argentina)
.
PESSOA TAMBÉM FOI AO RIO
(quando ainda namorava com a Lídia, yaya)
.
Vem sentar-te comigo, Lídia, à beira do rio.
Sossegadamente fitemos o seu curso e aprendamos
Que a vida passa, e não estamos de mãos enlaçadas.
(Enlacemos as mãos).
.
Depois pensemos, crianças adultas, que a vida
Passa e não fica, nada deixa e nunca regressa,
Vai para um mar muito longe, para o pé do Fado,
Mais longe que os deuses.
.
Desenlacemos as mãos, porque não vale a pena cansarmo-nos.
Quer gozemos, quer não gozemos, passamos como o rio.
Mais vale saber passar silenciosamente.
E sem desassossegos grandes.
(Fernando Pessoa)

Fui a una montaña
Un día cuando ya era un poco más mayor mi padre me llevó a una montaña entre montañas y me invito a disfrutar del eco que se producía en ese lugar y yo sin pensarlo me di la bienvenida y grite todo lo fuerte que pude "HOOOLA" y el eco me contestó "HOooLAAaa" y me gustó su manera de decirlo, así que grité "GUAPA" y el eco me respondió "GUAAaaPAAaa" y ya no me pude contener y grité "TE QUIEROOO" y el eco cumpliendo con su compromiso me gritó casi susurrándome "TE QUIEEeeROOoo" y yo sonreí sintiéndome querida.
.
Ahora sé que mis emociones producen un eco en el universo, ni siquiera entiendo su proceso, pero yo sonrío y otros labios me miran sonriendo, siento ternura y alguien me envuelve en un abrazo, expreso mi amor con una mirada y alguien me responde "te quiero", así que he decidido cuidar el lenguaje de mi vida, por eso de que tiene mucho poder y ahora además he descubierto de forma consciente que igual que cualquier acción puede llegar a adquirir vida propia, a su vez se reproduce en el eco de la vida, cual efecto mariposa.
(Brisa , Barcelona)
.

Acordei há pouco,
Vesti uma camisola carregada de passado,
carregada de presente,
Vim aqui em corpo e alma para vos trazer um
eeeeeccccooo,
Um eco reencontrado porque sei (também eu!)
que cada coisa que sentimos
e fazemos
se solta, respira e reproduz ecos de vida
"cual efecto mariposa",
(...)
Por isso vim e estou aqui...
tal como acordei hoje...
para ser feliz
e vos convidar a ser felizes
nos muitos dias de dança e abraços
que nos seguem,
Luci (Planalto mirandês) in: Miolando: dias abertoS

186 Comments:

At 2:16 PM, Blogger Pryncesazul said...

HHHHOOOOLLLLLAAAAAA, MMMMMUUUUUCCCCHHHHHOOOOSSSSSSS BBBEEEESSSSOOOOOSSSSSS YYYYY AAAAABBBBRRRRAAAAZZZZOOOOOSSSSSS
espero k escuches mi eco tambien, k bella poesia, muy lindo de tu parte
cuidate mucho y no te olvides de mi, espero y recibas todos mis correos ja,ja, k son muchos verdad!!!!!!, cuidate mucho y recuerda siempre sonreir :)

 
At 3:22 PM, Blogger Maria P. said...

Belo!

A poesia é o perfume da literatura.

Viver sem poesia, é viver sem o melhor aroma natural...

beijos.

 
At 4:04 PM, Blogger alma said...

la vida y su eco...a ver probando:
Feliz Año!!!

 
At 4:10 PM, Anonymous Anonymous said...

El eco de las montañas trae más verdades que el eco de las ciudades...

besos y feliz año!!!!

 
At 6:02 PM, Blogger luci said...

belo que dói
belo que canta.
que salta nas pedras
ser rio
rir água transparente
de ser (também)esse rio
tantas vezes
e árvore pura terra-castanha
e lágrima.

não é possível viver sem poesia.
ou sem ternura
ou sem saber e sentir que andam por aí pessoas que fazem ...LUZ!

 
At 6:24 PM, Anonymous Anonymous said...

Es la mejor manera de sentir la naturaleza... que suene el río, que llueva, que la frescura del agua nos conforte...

Ahhhh bello.

FELIZ 2007!

 
At 9:44 PM, Blogger NADIE said...

Espero que el próximo año venga cargado de poesía para ti.

Saludos.

 
At 10:11 PM, Anonymous Brisa said...

Mi querido amigo, mixtu gracias por tu regalo, mi eco de amor, como continuación a tan bello poema me produce un pensamiento en mi corazón y es que aunque a veces las apariencias puedan confundirnos, en realidad estamos transitando el mismo camino, sin distancias desde hace unos meses, por eso me llega el eco de tu generosidad como si estuvieras así cercano.

Un fuerte abrazo que se prolongue durante todo el 2007, mientras disfruto de compartir camino contigo, por que a veces vemos pasar el agua desde la orilla, pero a veces para saber lo que es el agua necesitamos sumergirnos en ella y a ese baño le llamamos vida.

 
At 10:54 PM, Blogger Beba Newmann said...

Que bonito se debe sentir gritar te quiero y que un gran espacio simplemente te responda, te quiero
genial.

Saludos
:)

 
At 10:56 PM, Blogger Beba Newmann said...

Que bonito se debe sentir gritar te quiero y que un gran espacio simplemente te responda, te quiero
genial.

Saludos

 
At 11:15 PM, Blogger Yessi said...

Hermoso post querido Mixtu, sin duda si nuestras palabras son buenas y bien intencionadas, el eco traera co resultado sonidos verdaderamente hermosos.

Un gran abrazo y mis mejores deseos para este año que esta a punto de comenzar.

 
At 1:01 AM, Anonymous Anonymous said...

~~~~~~~~~> UM FELIZ ANO DE <~~~~~~~~~


__000000____0000000____0000000____000000000
_00000000__000000000__000000000___00_____00
_00____00__00_____00__00_____00_______ 00
______00___00_____00__00_____00______ 00
_____00____00_____00__00_____00_____00
____00_____00_____00__00_____00____00
___00______00_____00__00_____00____00
_00000000__000000000__000000000____00
0000000000__0000000____0000000_____00


__________0__o_o__o_0_0_o_o__0
_________0___o__o__o0_0__o_o__0
________0___o__o_o__0_0__o___o__0
_______0_o___o___o__0_0___o___o__0
_______00o0000o00o0o0_0o00o00oo0oo0
______000o0o00000o000_000o00o0o000o0
______00000o000o000o0_000o000o00000o0
______0o00oo00o0o00o0__0000o0o0o00000
______0o0o00000o00o0___000o0o0o0o0o00
_______0o0o0000o0o0_____0000o00o00o0
________0000o0000________ 00o000o000
_________0000000___________0000000
___________00_________________00
__________00___________________00
_________00_____________________00
________00_____TCHIM-TCHIM!!!_____00
_______00________********_________00
____000000_________=^-^=_______00000000

 
At 1:14 AM, Blogger dreams said...

fui para junto del mar
que un día nos vió deslizar,
suavemente, en la arena de esta playa,
como si de sus olas nos tratásemos...

nuestras voces susurravam,
como el murmullo de estas aguas cristalinas que nos habían envuelto...
en las estrellas venimos reflectido este amor...
y bajo la luz de luna, escribimos nuestros nombres en la arena...

y ese mismo mar,
que un día en los banhou,
borró las cogidas que dejamos en la arena...
junto a él,
resta ahora,
una playa silenciosa y solitaria...

un beso de sueño...
“·.¸Dreams¸.·”

 
At 1:45 AM, Anonymous Anonymous said...

*QUE, EM 2007, A ALEGRIA ESTEJA SEMPRE NO TEU CORAÇÃO*

 
At 2:26 AM, Blogger No te Salves said...

Esos aplausos son para mi......jejejeje pase a saludar...elevo mi copa de este lado del mundo y de este lado del monitor...te deseo mucha paz y felicidades a vos y a los tuyos.. Abrazo!!!

 
At 2:54 AM, Blogger escorpyana said...

Olá tenha um ano novo com muita paz,amor e harmonia.FELIZ ANO NOVO .
beijus

 
At 4:34 AM, Blogger palabras con ningun sentido said...

Amigo Mixtu, que placer encontrar, allí, tan lejos y tan cerca como queda tu casa al gran poeta del río. A Juan L. Ortiz se lo conoce aqui tan solo como a Juanele y ha sido en vida un obsesivo de sus cosas. Desde el vivir en su ciudad, con su gente, sus amores y su río, hasta asegurarse que cada uno de sus libros fuera impreso con la misma tipografía.
Y que placer mayor ver que en el mismo lugar comparten morada y seguramente vino y otras cosas tambien Bertold Brecht y Ferrnando Pessoa.
Me agrado visitarte.
Un fuerte abrazo

 
At 7:20 AM, Blogger Rafa said...

A natureza, a mulher e o poeta no único momento no que verdadeiramente se sinte poeta, cando fala da mulher sentindose natureza.

OJOS DE POETA

“A una ventana de San Telmo”

Mis ojos de poeta son una enredadera
de flores amarillas que trepan tu ventana.
Brillan esas flores cuando tú las miras,
crece la hiedra cuando tú me riegas.
Cuando el viento sopla,
golpea las hojas de tu ventana
y tú no sabes si es el viento que te llama
o son mis ojos que te quieren mirar.
Cuando entra la luz en tu casa,
luce el color de las flores de mis ojos
entre las hojas verdes y se van a los tuyos.
Cuando la lluvia desciende hacía ti,
en ese día gris como una fábrica de grises,
mis ojos de hierba trepadora
atraviesan esa niebla de tú alma
y te iluminan la cara y las manos.
Yo me siento enredadera de flores
amarillas en tu ventana,
y mis ojos son ojos porque tú los miras.
Soy ojos de poeta solo por ti.

Rafael
18 de Mayo de 2006

¿Viver sem poesía? ¿Será isso possivel? Eu ajo que nao. Sem poesía somentes podese morrer.

 
At 7:22 AM, Blogger MentesSueltas said...

Pasaba a dejar mis mejores deseos para este año nuevo... un abrazo

MentesSueltas

 
At 7:23 AM, Blogger MentesSueltas said...

Pasaba a dejar mis mejores deseos para este año nuevo... un abrazo

MentesSueltas

 
At 9:08 AM, Anonymous marian said...

Me uno a esa ovación, ambos poemas los merecen. Son preciosos.
Un abrazo y !Feliz 2009! Ja,ja

 
At 11:58 AM, Blogger NADIE said...

La fugacidad de la púrpura.

Los reyes vestían de púrpura y la fugacidad es la rapidez con que pasa. Aquí un rey-dios se ve despojado de su poder y queda hombre. Según las últimas noticias ya dejó de serlo para hacerse polvo.
Hay gobernantes que deberían tomar nota y aprender de esa enseñanza. "Todo pasa".

Saludos.

 
At 1:56 PM, Blogger Ruby Sackville-Baggins said...

:)

Vim para te desejar um bom ano, ou melhor, para te desejar felicidade, seja em 2007 ou em 2006, sê feliz.

* * *

 
At 2:22 PM, Blogger Pryncesazul said...

Feliz año, k todos tus sueños se te cumplan........

 
At 2:53 PM, Blogger Pryncesazul said...

Feliz año..... k todos tus sueños se te cumplan......

 
At 3:23 PM, Blogger Luna said...

A natureza e nós, somos unos, se soubessemos não a destruiriamos.

Um ano cheio de tudo o que anseis
Beijos ternos

 
At 4:46 PM, Blogger Joaninha said...

Lindo!
Mais palavras para quê? Adorei!
Desejo que o 2007 seja o que idealizaste e que a Paz, a Saúde e o Anor sejam reus bons companheiros para o ano inteiro.
Um grannnndeeeeeeee abraço

 
At 6:37 PM, Blogger Santa said...

Mixtu,

"Bendito quem inventou o belo truque do calendário, pois o bom da segunda-feira, do dia 1º do mês e de cada ano novo é que nos dão a impressão de que a vida não continua, mas apenas recomeça..."
Mário Quintana

Desejo que 2007 seja o grande ano de sua vida...Bjs

 
At 7:51 PM, Blogger azzura said...

Que lindo;;))
Muy Feliz Año Nuevo querido Mixtu! que se cumplan todos todos todos tus deseos.. felicidad para tí y tus seres queridos

Um beijinho

 
At 7:56 PM, Blogger Kalinka said...

Hoje vim estar um pouco contigo, apeteceu-me!!!
Começando 2007, os meus posts iniciais serão uma espécie de reportagem sobre as férias que fui fazer a New York bem recentemente.
Caso te interesse, aparece por lá.
Vamo-nos encontrando pelo mundo da blogosfera, assim o espero, em 2007

Para ti e todos os que aqui vierem em Paz, os votos de um Ano Novo muito Feliz, com apenas 3 coisas essenciais à Vida - Saúde, Paz e Amor, o resto virá por acréscimo.
Beijokas.

 
At 9:57 PM, Blogger Patricia 333 said...

M I X T U



! FELIZ AÑO 2007 !

 
At 12:06 AM, Blogger palabraserrantes said...

Y tenía que haber belleza compartida entre Brisa y vos, aquí.
Ambos dos seres hermosos si los hay!
Mi querido Mixtu, gracias por todos tus mensajes y disculpá la demora en contestar, no estaba en Bs As en Navidad...

Y a horas de salir para festejar el Año nuevo no quería no dejarte un enorme beso!!!!
Y mis mejores deseos para que retumben como ese bello eco durante todo el tiempo posible!

Ser montaña, ser río, ser árbol, ser naturaleza...
SER!!!!!!!!!

Que seas felíz!!!!!!
Muchos besos!!
Mar

 
At 12:30 AM, Anonymous paloma said...

La naturaleza del ser humano es profunda y compleja mientras que la de los animales es llana y sencilla.

Estupendos poemas de Ortiz e Brisa.
Mixtu, Brisa y demás...

Besossssssssss

Eco; BESOSSSSSSS

 
At 12:52 AM, Blogger Poemas e Cotidiano said...

Mixtu, meu amigo querido: Voce foi uma parte muito importante do meu 2006. Adoro seu Blog! Gosto da sua energia, do seu bom humor, de seu modo ecletico de postar.
Meu querido, deixa eu lhe dar um abraco? E um beijo? E que voce e a Carmencita sejam moooooooito felizes, viu? De um beijo nela tambem.
ADORO VOCE!
Mary

 
At 12:52 AM, Blogger amigona said...

Beijo eum BOM ANO de 2007!

 
At 12:52 AM, Blogger amigona said...

Beijo eum BOM ANO de 2007!

 
At 12:53 AM, Blogger amigona said...

Beijo eum BOM ANO de 2007!

 
At 1:15 AM, Anonymous paloma said...

Por todo este año compartido;


Dime

Dime por favor donde estás,
en que rincón puedo no verte,
dónde puedo dormir sin recordarte
y dónde recordar sin que me duela.

Dime por favor dónde pueda caminar
sin ver tus huellas,
dónde puedo correr sin recordarte
y dónde descansar con mi tristeza.

Dime por favor cuál es el cielo
que no tiene el calor de tu mirada
y cuál es el sol que tiene luz tan sólo
y no la sensación de que me llamas.

Dime por favor cuál es el rincón
en el que no dejaste tu presencia.
Dime por favor cual es el hueco de mi almohada
que no tiene escondidos tus recuerdos.

Dime por favor cuál es la noche
en que no vendrás para velar mis sueños...
Que no puedo vivir porque te extraño
y no puedo morir porque te quiero.

(Jorge Luis Borges)

 
At 7:59 AM, Blogger Era uma vez um Girassol said...

Mixtu, vim desejar-te um Feliz Ano de 2007.
Que a poesia,o amor e a entrega,continuem a fazer parte importante na tua vida!
Beijinhos

 
At 9:39 AM, Blogger segurademim said...

... época de prendas, de poesia, de entendimento, de agradecimentos, pois é! e já que falamos de natureza e na capacidade de sermos amistosos, naturais e de nos ouvirmos, também tenho umas palavrinhas para te oferecer:

No meu quintal
tenho um vaso
cheio
de terra batida
muitas vezes m' embaraço
nos novelos
da própria vida.

Afinal
no meu caminho
canto a mesma canção
filtro a luz
digo baixinho
dá-me amor a tua mão.


beijo :: BOM ANO NOVO ::

 
At 3:58 PM, Anonymous gota de tinta said...

asi es, la vida nos hace eco, als personas nos hacen eso.....

por eso el juego de dar y recibir es tan divertido, y tan justo

TE DESEO UN FELIZ 2007!!!! UN ABRAZOTE MUY GRANDE AMIGO!!!!

Ha sido un placer leerte en este año.

besitos desde México

 
At 5:06 PM, Anonymous Sandra Daniela said...

vim deixar um beijinho e votos de um ano 2007 cheio de alegrias e um arco-iris no coração1!! bj

 
At 5:13 PM, Anonymous Anonymous said...

Amigo, gracias por tus palabras, claro que las entiendo!! y son belas además

besos y feliz año!

 
At 5:17 PM, Blogger Crónicas de Ariana said...

Que no Ano Novo:
- se ouçam as palavras que sempre desejámos ouvir;
- se pronunciem as frases que um dia desejámos repetir;
- se sintam as emoções que sempre esperámos sentir;
- se caminhe pelos caminhos que um dia desejámos seguir;
- possamos dividir o carinho com quem sempre desejámos repartir;
- abracemos todos os amigos que sempre desejámos reunir;
- e possamos viver a vida que sempre sonhámos existir...
Um Feliz 2007!!!

 
At 7:35 PM, Blogger ARTEMINORCA said...

Passei para dizer que me sinto honrada com as visitas ao meu canto e as palavras que lá deixas. As daqui são sempre mais profundas e sabedoras.
Um bom ano de 2007 para ti! Lu

 
At 10:02 PM, Blogger Rosmaninho said...

Mixtu, Lindo!

"E eu que não consigo viver sem poesia… yaya"

Ofereço-te esta bem algarvia...de
António Ramos Rosa (recebeu o Grande Prémio de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores em 1989,
nasceu em Faro, no Algarve, em 1924)
...
Para uma amigo tenho sempre um relógio
esquecido em qualquer fundo da algibeira.
Mas esse relógio não marca o tempo inútil.
São restos de tabaco e de ternura rápida.
É um arco-íris de sombra,quente e trémulo.
É um copo de vinho com o meu sangue e o sol.

de Viagem através duma Nebulosa(1960)
....
E... uma quadra do maior poeta popular algarvio e português

O Mundo só pode ser
Melhor do que até aqui
Quando consigas fazer
Mais pelos outros que por ti
António Aleixo
............................


Se pedir peço cantando
Sou mais atendida assim ;)
Mixtu comentários moderando!?:(
Como posso fazer Tchim...Tchim...Tchim... Tchim?

Adaptação de António Aleixo :):):)

~*Um beijo*~

 
At 5:39 AM, Blogger Mac Adriano said...

As palmas são merecidas, mas o público podia deixar de as bater enquanto o senhor está a cantar. Abraços (cada vez mais) monárquicos.

 
At 7:19 PM, Blogger mixtu said...

Moderar... Rosmaninho... dá uma trabalheira do "Catano"...

yayayaya

 
At 8:54 PM, Blogger antona said...

BOM ANO de 2007!deseo que seas muy feliz
salu2

 
At 10:58 PM, Blogger Maria P. said...

Encontrou "milho-rei"!?

Então...beijo, sim!:))

BEIJO

 
At 11:07 PM, Blogger mixtu said...

Milho Rei...

Serra fria... alguns grãos vermelhos, poucos para não serem demasiados...

trabalho árduo... o pior de todos... lavrar... cadabulhos... alisar... semear... sachar... regar... escanar... fazer a meroiça... debulhar (descamisar)... mangual... eira... dormir na eira para não o roubarem e assim se pagar os alqueires ao senhorio a título de renda...

Na descamisada... milho-rei...roubei-lhe um beijo, na guarda do milho... fiz-lhe um rebento... (ups... já agora... e ela deixava mesmo ... yayaya; às vezes surprendo-me com a minha imaginação... só à vezes)
Tudo isto numa janela virada a norte…

 
At 11:12 PM, Blogger Nina said...

FELIZ ANO NOVOOOOOOO!!

=]

 
At 11:17 PM, Blogger Maria P. said...

Ou...
Da janela sul...

É milho-rei, é Alentejo!


:)

 
At 11:41 PM, Blogger naoseiquenome usar said...

Há águas e rios e arvoredo assim.
Que nos abraça. Que nos envolve.
Que respiramos.

Um fantástico 2007 e um grande abraço!|

 
At 12:01 AM, Blogger Bohemia said...

Me uno a ese aplauso colectivo...Bellísimo
Besos

 
At 12:09 AM, Anonymous ojitos said...

puxa... adorei isso poema del rio
grande beijo

 
At 12:37 AM, Blogger blugaridades said...

Um Ano Novo num Mundo Novo. Seria essencial que os homens fizessem um mundo justo, solidário, livre.
Bom Ano Novo.
Beijinhos

 
At 10:14 AM, Anonymous Anonymous said...

Mixtu

um bom ano de 2007 com a poesia, amor largado ao eco de tal modo que consiga devolver a muitos mais ouvidos!

beijos

 
At 10:41 AM, Anonymous lua do amor said...

Ecos, que sejam sempre favoráveis os ecos.
Fazer bem,não olhando a quem.

Muito bonito, ouvi o Rio e ouvi o eco da Montanha.
Que se sinta sempre o rio, que nos atravesse a alma e que possamos gritar: "Quero-te" e que o eco da vida responda: "Queeeerooo-teeee".

Muito bonito, não é demais dizê-lo.

Beijinhos.

 
At 12:28 PM, Anonymous Anonymous said...

Comigo eco nunca funcionou dessa maneira... disse-me sempre o oposto do que eu queria ouvir. Graças a deus...

 
At 2:43 PM, Blogger dreams said...

a própria vida é poesia...
e a natureza a sua melhor expressão...

bonjour mon cher...

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

 
At 3:01 PM, Anonymous Anonymous said...

Dos textos imperdibles. Abrazos.

 
At 3:29 PM, Blogger bohemiamar said...

Te dejo unos cuantos besos y muchos deseos de felicidad.

bohemiamar

 
At 3:36 PM, Blogger mixtu said...

Bonjour mon Dreams:

Poesia de hoje no teu rincón...

"além do horizonte...
fecha os olhos e acredita...
venho de um tempo longínquo...
bem próximo, se quiseres acreditar...
a magia e os sonhos, conduzem-te ao meu reino...”

Imagina que eu não era Pastor da Serra, que eu era um entendido da poesia, imagina, sem te rires…
Está imaginado…
Repara nesta dissertação da tua (bela) poesia:
A autora convida alguém a entrar no seu peculiar mundo, lleno de poesia, de magia e de sonhos…
Um tempo que não é tempo e um espaço que não é espaço…
Ao alcance de quem conseguir ver sem ser necessário olhar…

”escuta as batidas do meu coração,
que deleita e te espera no paraíso...
trilhamos juntos o caminho dos sonhos,
sob a luz prateada do luar,
lapidando a felicidade que aflora nos nossos lábios...”

Aqui a autora faz um apelo aos sentidos do amado (amado letrado pois usa verbus poéticos como o “deleita”…) O que será deleita?
Um caminho a dois… uma sombra… um cajado… uma serra… e o desejo de beijar (não um simples chocho, um beijo à telenovela brasileira)

”o orvalho cai pelos ramos dos abetos
a magia do seu perfume encanta o ar...
as estrelas radiosas fazem da noite uma festa,
e ligam o teu olhar ao meu...
seremos eu e tu... seremos nós...”

Aqui a autora num jogo muito subtil explica que há apenas a 1ª e a 2ª pessoa do singular e a 1ª pessoa do plural, depois relaciona as estrelas com festa, certamente pensou se devia poetizar com “festa” ou “festas”, achou melhor uma festa… o que está correcto… pois assim nem todos lêem o “s” no final…

"e como uma pedra no meio de um lago,
desponto entre um sonho e a ilusão,
na certeza insondável
de uma ternura feita saudade...

retorno agora ao meu destino...
além do horizonte..."

Bem aqui, tens de deixar de imaginar que sou dissertador, é que é muito profundo para uma 4ª classe;
Mas… “como uma pedra no meio de um lago” é lindo, ou como dizem os espanhóis: bonito…
Mas parece que a autora veio deixar esta mensagem e vai partir outra vez para o seu Reino… parece-me...

Lindo… uma partida que é llegada… e algo me diz que o tempo/espaço que medeia entre os lábios da autora e o seu amado (espero que não seja pastor, seja médico ou engenheiro… são profissões que dão dinheiro e um destino seguro para as futuras crias) mas como eu estava a arrozar: … o tempo/espaço que medeia entre os lábios da autora e o seu amado encurta-se a olhos vistos

Fui… mas gostei do horizonte… que reinos haverá para lá da minha serra? Será que as mulheres de Além-Serra também sabem fazer queijo… não me parece…

Beijinhos e abraços, ou como dizem os espanhóis… besitos e abrazos…

Que lindo... o que escrevi no teu rincón... fez eco aqui... tenho é que mudar de comprimidos... com estes qualquer dia escrevo sem utilizar as linhas até ao fim, isto é, poesia... yayaya

 
At 3:36 PM, Anonymous Anonymous said...

Caro amigo,
Que o teu 2007 seja tudo o que mais desejas!
Muita saúde, amor, felicidade e sonhos realizados!
Beijocas e tudo de bom para ti e para os que trazes no coração!

 
At 4:37 PM, Blogger Rui said...

Aquele abraço para 2007.

 
At 5:39 PM, Anonymous Anonymous said...

Muito bonito!
Ser capaz te gritar a uma montanha "Te Quiero" é um acto de coragem! - Eu acho!

Bom ano, misterioso Mixtu

 
At 6:24 PM, Blogger legivel said...

Belo!!

Buenissimo Ano Nuevo!!

 
At 7:33 PM, Anonymous Anonymous said...

lindo post
la naturaleza es una fuente de sabiduria
siempre sientete querida
que el proximo año este colmado de poesia para ti

abrazos

 
At 7:36 PM, Anonymous Anonymous said...

perdon!!
que ESTE año este colmado de poesia para ti

jajaj

 
At 8:12 PM, Anonymous Credendo Vides said...

Vaya, es bello ver q a veces, el río fluye dentro nuestro.
Lo malo es q el río nunca llevará dos veces la misma agua.
Me ha gustado el relato de Brisa.
Saludos desde el Inframundo.

 
At 9:28 PM, Blogger lena said...

uma bela oferta Mixtu, excelente poesia

começar assim um ano encanta

é alimento a poesia!

sem lhe chamar poesia, deixo-te palavras que junto:


uni palavras numa rede de pesca
caíram recordações
envoltas em alvéolos

diluíram-se sentimentos
que enegreceram a areia prateada da praia deserta

caíram murmúrios misturados
em íntimos gemidos

vozes frias, empastadas
agarram-se violentas à manhã cinza

na casa perdida
a solidão tornou-se branca
nas brechas das paredes mal caiadas

os gritos entram pelas frinchas
das janelas ressequidas

ondas gastas de tanto bater
ecoaram longínquas no centro da cidade

espiei o sol entre cortinas
e escutei o ruído do mar agitado

fiquei imóvel pensando
em voz alta na vontade de partir

olhei o horizonte silenciosa terrivelmente
fria!

l.maltez


o meu abraço amigo pastor, beijinhos muitos para ti e como não podia deixar de se para a tua Carmencita também

lena

 
At 9:45 PM, Blogger Nefertiti said...

Mixtu,
"Em busca do original." - Deixou-me a pensar...! E o "original" ainda existe?!? Talvez sim...!
Obrigada pela visita e pelas palavras...
Bom Ano para si também!
Um beijo.

 
At 10:38 PM, Anonymous Anonymous said...

Venho desejar-te um 2007 fabulosos! (E com músicos! LOL)

Bj.

 
At 10:42 PM, Blogger Nefertiti said...

É claro que o “original” existe...
A minha descrença é que já tomou tamanhas proporções que questiono tudo e todos...
Mas sim, creio que o “original” exista… talvez até bem mais perto de nós do que julgamos... dentro de nós... aqui, ao nosso alcance à espera de ser descoberto... será?!?
Besos.

 
At 10:50 PM, Blogger luci said...

o que mais gostei agora, na segunda leitura, foi do eco

sobretudo dos ecos do eco

sobretudo do silêncio que se seguiu
a todos os ecos

verdes beijos de água fria*****

 
At 10:56 PM, Anonymous incondicional said...

Sabes que adoro el río, es el medio natural de una Xana ;-), gracias por tan bello poema.

Dejo 2 abrazos inmensos como el mar, para tí y para Brisa, un lujo caminar a vuestro lado a lo largo del cauce del río de la vida, que tardemos muuuuuchos años en encontrar el mar ;-).

He cerrado el blog, comienza un nuevo año y debo dedicar más tiempo a otros asuntos, seguiremos en contacto.

Oleadas de felicidad.

 
At 11:31 PM, Anonymous Anonymous said...

Qué bonito!! tu padre se ve que te potenciaba bien ciertos valores ¿eh? te enseñó a conocer la libertad a través de la inmensidad del eco. No te quito más tiempo y espacio en tu rincón,besos con ecoooo.CUIDATE

 
At 11:32 PM, Anonymous Anonymous said...

Olá!!!

Esse prazer é lêlo, poema excelente.

Deseja o melhor dos 2007 que nos alcances todos seus sonhos e aspirações.

Te envia um abraço grande.

 
At 8:34 AM, Blogger Ni said...

...
Gostei do texto da Brisa.
Gostei muito!
...
E ainda há quem não entenda que tudo o que damos tem um eco que chega até nós!
...

Eu conheço um pastor que tem um rebanho de poemas. :)
É um pastor único, com um rebanho feito de ecos do que tem semeado. (Também se dedica à agricultura! Nas horas ocupadas! Porque há pessoas que não têm horas vagas... preenchem-nas com gestos de amizade, sabias? Sabias...)
...


Trago-te um presente. Uma história verdadeira. Vem embrulhada em sorrisos:

Diminuir o passo...

Há alguns anos, nas olimpíadas especiais de Seattle, também chamada Paraolimpíadas, nove participantes, todos com deficiência mental ou física,
alinharam-se para a partida da corrida dos cem metros. Ao sinal, todos partiram, não exactamente em flecha, mas com vontade de dar o melhor de si, terminar a corrida e ganhar. Todos, excepto um garoto, que tropeçou no piso, caiu e começou a chorar.

Os outros oito ouviram o choro. Diminuíram o passo e olharam para trás.

Viram o garoto no chão, pararam e voltaram. Todos! Uma das meninas, com Síndrome de Down, ajoelhou-se, deu um beijo ao garoto e disse-lhe: "pronto, agora vai passar".

E todos os nove deram os braços e andaram juntos até à linha de chegada. O estádio inteiro levantou-se e não existia um único par de olhos secos. E os aplausos duraram longos minutos. E as pessoas que estavam ali, naquele dia, repetem esta história até hoje. Porquê?

Porque,lá no fundo, nós sabemos que o que importa nesta vida, mais do que ganhar sozinho, é ajudar os outros a vencer, mesmo que isso signifique diminuir o passo.

"Que cada um de nós possa ser capaz de diminuir o passo para ajudar alguém que, num momento da sua vida, tropeçou e precisa de ajuda para continuar.."
...

Eu conheço um pastor assim.
Apesar de muito ocupado, ele diminui o passo pelos amigos, nestas Olimpíadas da vida....

...
É um pastor que gosta de poesia...

Sorriso.

Bom Ano, mês, dia, hora, minuto, segundo.... para ti, para todos nós!

Ni*

 
At 12:27 PM, Blogger Elisabeta said...

FEliz año,un besote :)

 
At 2:58 PM, Anonymous Anonymous said...

Feliz Ano Novo! Besito. :)

 
At 3:16 PM, Blogger Gracinha said...

Tudo de bom para ti. Feliz 2007...muitas beijocas.

 
At 3:19 PM, Anonymous paloma said...

Ecos... sagradas sinfonías del tiempo.
Con una idea: que somos seres inmortales.
Mirando el horizonte, un aire de infinito me conmueve.
También a veces la clara insidia de la luna
dentro de la noche me hace revivir.
Y somos ecos caídos en el planeta Tierra.

Beeeesssssoooooosssssssss

"Beeeeeeeeeeeeessssssssooooooooosssssssss"

 
At 3:55 PM, Blogger mnemosyne said...

Excelente bordadura poética!
Um beijo e votos de um bom ano :)

 
At 4:48 PM, Blogger PatriciaFM said...

Hola mixtu feliz año 2007 fue bueno saber de ti, cuidate mucho por cierto se que sonare un poco repetitiva, me encanto el post

 
At 7:10 PM, Anonymous Credendo Vides said...

Hola de nuevo. sólo decirte q tu comentario salió, al final, por triplicado y al tratar de borrar dos de ellos, sin querer, borré los tres. Espero me disculpes.
Pero te diré a q suenan los ecos en el Inframundo. Suenan a Olvido, suenan a seguir hacia adelante, suenan a borrar recuerdos, suenan a nueva vida, con el nuevo año.
Gracias por tu visita.
Saludos desde el Inframundo.

 
At 7:27 PM, Blogger }}cleopatra{{ said...

Olá Mixtu!
Que belo eco nos trazes neste início de um novo ano!
Sim, o importante é acordar a cada manhã e sentir que qualquer coisa que se faça com amor, será muito bem empregue!

Um beijinho soprado

 
At 10:36 PM, Blogger Maria P. said...

Deixo uma caixinha de beijos para todo o inverno, espero que cheguem.:)

Beijosssssssssssssssssssss

 
At 4:37 AM, Blogger El Navegante said...

CUANTA SENSIBILIDAD , E INTUICION PARA ENCONTRA LOS MISTERIOS MAS APASIONANTES DEL ALMA HUMANA, MI QUERIDO AMIGO MIXTU.
HE SENTIDO UNA VERDADERA OLA QUE ME HA ENVUELTO, COMENZANDO POR LA IDENTIFICACION CON EL RIO QUE EL POETA ESBOZA TAN MAGISTRALMENTE. CONTINUANDO CON UNA ELEVADISIMA CONCEPCION DEL YO Y EL UNIVERSO,MAS QUE POETICA , INCLUSO FIOSOFICAMENTE DIRIA YO LA GRAN AMIGA BRISA, Y COMO BORCHE DE ORO, A LUCI, PONIENDO EL PUNTO FINAL CON SU ARTE,A TODO ESTE LLAMADO A LA OBSERVAICON DE UNO MISMO, DESDE ADETNRO HACIA AFUERA, Y ESCUCHANDO LSO SONDISO QUE RODEAN ESE VOLAR , Y REGISTRANDO EL ECO QUE RETORNA DE SE VIAJE PARA QUE TODO VUELVA A COMENZAR.
EL EFECTO MARIPOSA, MIXTU, NO SOLO ESTA DADO EN ESTOS FENOMENOS TAN BELLAMENTE EXPRESADOS POR LAS OBRAS QUE TE ACONMPAÑAN, COMENZANDO POR TU ELECCION DEL TEMA Y EL POETA INICIAL.
LO EFEITO BORBOLETA, EXISTE EN ISTA MARAVILHOSA OBRA DE ARTE, PELA PRESENCIA DE DUAS MULHERES CON UMA ARTE REFINADA, QUE TROCAN SEUS SONHOS, SEU MUNDON INTERIOR, EN AçAS DE SUA PROPIA EXISTENCIA DE BORBOLETAS, ELAS MESMO.
UM BEIJO PARA BRISA, MAIS UN PARA LUCI, E TUDA MINHA ADMIRAçAO E AQUELE ABRAçO PARA LO GRANDE CREADOR QUE MERECE A MARAVILHOSA MANIFESTAçAO DA GENTE BATENDO PALMAS, ME SINTO MAIS UM DE ELES.
MARAVILHA LO EFETIO TAMBÉM.
QUE LINDO COMENçAR NA TUA CASA MAGICA LO ANO, CON ISTA APRESENTAçAO DE LUXO, E AS DUAS BORBOLETAS DE LUXO QUE TE ACOMPANHAN.
MEUS AMIGOS BRASILEIROS, DIZEN
BARBARITINGA !!!!!!

 
At 11:24 AM, Anonymous Anonymous said...

El poder de las palabras...

Vengo a devolverte tu visita, y me ha gustado mucho este blog. Seguro que volveré.

Muchos besos

 
At 1:06 PM, Blogger marujinha said...

Olá Mixtu.
Não sei se conseguirei ser feliz. A felicidade não é permanente e quando acontece é em momentos muito curtos.
Jinhos da Marujinha

 
At 3:12 PM, Blogger ML said...

Olá. Não sei se te lembras de mim. eu era a [in]Completa do blog "Aos bocados".
Decidi voltar ao mundo dos blogs, porque... me apeteceu simplesmente :)
Agora talvez ainda mais optimista :)
Espero que aparecas. ;)

 
At 3:14 PM, Blogger Alma Minha said...

Lindo!!!
Bom Ano Novo para ti!
Bjs

 
At 4:14 PM, Blogger Conceição Bernardino said...

Olá
Nasceu um novo sorriso em 2007, pois podemos estar longe mas o mundo torna-se pequeno quando te sinto por perto.
Obrigada
Beijinhos
Conceição Bernardino

Meus blogs http://amanhecer-poesia.blogspot.com

http://sentidos-visuais.blogspot.com

 
At 4:53 PM, Anonymous Anonymous said...

Qualquer dia ainda me explicas porque razão é que andas um ano adiantado...
Mais uma vez: Feliz 2007! Ou 2008, como preferires...
Beijocas

 
At 4:56 PM, Blogger Pryncesazul said...

pasando a saludar

 
At 5:38 PM, Blogger }}cleopatra{{ said...

Olá mais uma vez!

Um sopro me chegou aos ouvidos
Era um eco de um beijo...
Em letras feitas de sorrisos
Te devolvo o eco e te sopro um beijo!

O tal beijo soprado...
E um eco de outros ecos
Todos eles são ecos meus...!(http://www.blog.comunidades.net/medusa/

 
At 6:14 PM, Anonymous Anonymous said...

Lindos estes poemas :)

bom ano **

 
At 6:24 PM, Blogger Claudinha said...

Ei Mixtu!

Aqui um eco de longe, bem longe, para desejar um excelente 2007!
Beijos!

 
At 8:11 PM, Blogger APC said...

Me atravesaba un río, me atravesaba un río!

!!!
E somos energia, pelo que a nossa expressão humana terá sempre o seu impacto no porvir, dê lá por onde der, seja como for e mesmo que nunca o saibamos.

Linda amiga Luci! :-)))
A ti e a ela, o melhor neste ano véspera de tantos outros felizes.

Besos.

 
At 9:26 PM, Blogger luci said...

embora tivesse muito para dizer -era como se tivesse acordado de um profundíssimo sono,
não saía nada.

por isso deixei o nada ser nada.

e aceitei-o sonâmbula

nos braços abertos. :)

 
At 10:02 PM, Anonymous Diablilla said...

Feliz año tb para tí!

besos

 
At 11:36 AM, Blogger missixty2000 said...

Um bom ano de 2007 para ti também! Não te esqueças que amanhã em Espanha é dia de entrega de presentes! Eu já vou a caminho de nuestros hermanos, porque ofereci a minha ajuda aos 3 Reis magos para entregar as prendas!eeheheh

 
At 11:54 AM, Anonymous pequenita (quando o teu corpo e o meu) said...

Espero que venhas
E quando chegas
Não sei se és

Espero

Esgatanhado
Os vidros da janela
Com as garras
Que me crescem nos olhos
Quando te chamo

Porque eu não sei
Se vens porque me queres

Ou vens porque te amo!

Bom Ano
Kissesss Pequenita

 
At 12:12 PM, Blogger nana said...

mixtu.obrigada por passares lá no blog!!
Sim, fomos descobertos um ano depois de inventados!!
;)
Um ano 2007 carregadinho de coisas boas!

 
At 1:57 PM, Blogger Eric Blair said...

mui bien

 
At 3:56 PM, Anonymous Anonymous said...

No eras tú el que regresaba...nunca se es el mismo después de un bautismo de brisa...

 
At 11:16 AM, Anonymous Anonymous said...

A felicidade é das coisas mais simples e bonitas da vida...
Bom Ano e um excelente fim de semana :)

 
At 5:54 PM, Blogger off said...

sim... atentos e despertos... o importante é sentir!
beijinhos mixtu

 
At 5:55 PM, Blogger poca said...

bom ano mixtu!
tu de bom!
obrigada pelo carinho

 
At 6:45 PM, Blogger EL HIPPIE VIEJO said...

AMIGO

TE ABRAZO A LA DISTANCIA CON EL MEJOR DE LOS DESEOS .
BUEN AÑO !!!

ADAL

 
At 8:54 PM, Anonymous Papoila said...

MIXTTU:
que feliz fiquei com a tua visita!
O eco das montanhas e a poesia... Lindo!
Feliz Ano Novo de 2007 hoje Dia de Reis!
Beijo

 
At 9:59 PM, Anonymous Anonymous said...

Obrigada pelo convite: ser feliz...aceito!

Um bom fim de semana Mixtu.

 
At 11:12 PM, Blogger sensual said...

Ecos bonitos e sonoros e numerosos.
É um prazer ler sempre os ecos que se produzem por aqui na lingua de Cervantes e de Camões.
Belo! Muito Belo!

 
At 11:55 PM, Blogger Andreia do Flautim said...

Obrigada pelo convite de ser feliz!:)

Também espero que sejas feliz!

 
At 12:03 AM, Blogger Andreia do Flautim said...

E eu referia-me ao que escreveste:

"Por isso vim e estou aqui...
tal como acordei hoje...
para ser feliz
e vos convidar a ser felizes
nos muitos dias de dança e abraços
que nos seguem,"

;)

 
At 12:34 AM, Blogger Kalinka said...

Comentário nº 118:

Depois da azáfama dos presentes de Natal, da caminhada desenfreada e decrescente para o Ano Novo, chega, sereno e mansinho o dia de Reis. Mas desde o dia 25 de Dezembro até ao dia 6 de Janeiro, há uma tradição que é genuinamente portuguesa, o cantar das Janeiras…

É maravilhoso ver os inúmeros grupos de pessoas que saem à rua, com frio, gelo e em alguns sítios até mesmo neve, para cumprir a tradição. Para ir de casa em casa, de porta em porta, de família em família, apenas para cantar e louvar os reis que visitaram o Deus-Menino.

É importante manter estas tradições que são tipicamente portuguesas, onde se cultiva o convívio e a alegria.

Abraços sempre.

 
At 1:05 AM, Blogger mixtu said...

Kalinka, recordo-me de as cantar... as quadras estão na memória, nomeadamente... quando não nos davam nada... que nem me atrevo a reproduzir aqui...

Crianças que podem chamar f.p. aos donos da casa pois não respondem por injúrias... não sabem o que fazem...

Em Lavegny, França, uma porca que matara e comera parcialmente uma pessoa foi enforcada por assassínio. No entanto, os seus 6 leitões cúmplices foram poupados, por serem muito novos para saber o que faziam...

Abraço

 
At 10:53 AM, Blogger Glauca said...

Sí, ya la naturaleza nos lo muestra: todo aquello que somos capaces de dar nos es devuelto con creces!

Felices días.
:=)

 
At 12:41 PM, Blogger Baby said...

Mixtu, Feliz Año Nuevo para ti, tambien...
"Por isso vim e estou aqui...
tal como acordei hoje..
para ser feliz
e vos convidar a ser felizes
nos muitos dias de dança e abraços
que nos seguem...
" Mais palavras para quê? É tudo tão lindo,é tão recorfortante partilharmos estas maravilhas!
Vale sempre a pena VIVER.

 
At 5:44 PM, Blogger Leodegundia said...

Aplausos para tus amigas por sus trabajos, jaja, pero ¿no deberías de trabajar tú también un poquito?.
Un abrazo

 
At 12:46 AM, Blogger sotavento said...

Por mais convites que me façam, já só comento 'posts' de 2007!... :)))

 
At 12:55 AM, Blogger sotavento said...

Tens toda a razão, engano meu, referia-me a 2008!... :)))

 
At 2:06 AM, Anonymous Anonymous said...

escuta.. 'tas ca?*

 
At 4:13 AM, Blogger Freyja said...

me alegra saber de ti y gracias por los saludos en Lagrimas
Como estas Carmencita?
ojala todo bien
te dejo un abrazo grande y que se ana linda semana
besitos pata Carmencita y para ti



besos y sueños

 
At 10:03 AM, Blogger Silvio Vasconcellos said...

O srios são as correntes que nos transportam ao ciclos da vida. É água que desce um rio, invade o mar, evapora como pensamentos e descem novamente para nos refrescar o corpo, apagar nossos incêndios de pensar até voltarem a seu caminho.

 
At 10:59 AM, Blogger Flores de Alquiler said...

Hola Mixtu...simpre es un verdadero placer leerte.

Saludos desde Buenos Aires

 
At 12:55 PM, Blogger segurademim said...

também estou sempre a ir ao rio ... lavar roupa!!!

besitos ;)

 
At 5:28 PM, Blogger mixtu said...

Freyja,

Carmencita está bem... (julgo... yaya)

... Qualquer dia tenho que falar na Carmencita senão ainda vão pensar que ela deixou-me... ah! e sobre a cria...

Ai, Carmencita por onde andas... espero que não andes por maus caminhos... ou pior ainda ... espero que se tiveres um blog... não seja de poesia...

yayaya

Ai, como a poesia é bonita...

Até a de Pessoa é (quase) bonita... excepto nos momentos de racionamento de supositórios

Yayaya

Buenas Tardes... passem bem...

Vou prós copos, não vos convido... copos e poesia nunca se deram bem... faz com que o vinho tenha um "pique"*

* ...quando o vinho já tem uma acidez elavada e já não devia ser vendido para beber mas para temperar a alface...

Pastor de poemas... de ovelhas, se faz favor, (só de ovelhas pois as cabras dão muito trabalho...)

 
At 5:55 PM, Blogger Em busca de Felicidade said...

Sempre em grande!!!!
Parabens.

Um excelente ano 2007.

 
At 6:42 PM, Blogger Darilea said...

Precioso sentir la fuerza de un río en el interior.
Un besito Mitxu y me alegra de compartir una amiga tan bella como lo es Brisa, externamente como interiormente es una mujer esplendida.
Me siento muy orgullosa de tenerla como amiga.
Un beso y mis mejores deseos de Felicidad para este nuevo año.

 
At 6:42 PM, Anonymous pequenita (quando o teu corpo e o meu) said...

Que a força do medo que tenho não me impeça de ver o que anseio.
Que a morte de tudo que acredito não me tape os ouvidos e a boca.
Porque metade de mim é o que eu grito, mas a outra metade é silêncio.

Que a música que eu ouço ao longe seja linda, ainda que triste.
Que a mulher que eu amo seja sempre amada, mesmo que distante.
Porque metade de mim é partida e a outra metade é saudade.

Que as palavras que eu falo não sejam ouvidas como prece nem repetidas com fervor,
Apenas respeitadas como a única coisa que resta a um homem inundado de sentimento.
Porque metade de mim é o que eu ouço, mas a outra metade é o que calo.

Que essa minha vontade de ir embora se transforme na calma e na paz que eu mereço.
Que essa tensão que me corroe por dentro seja um dia recompensada.
Porque metade de mim é o que eu penso e a outra metade é um vulcão.

Que o medo da solidão se afaste, que o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável.
Que o espelho reflita em meu rosto o doce sorriso que eu me lembro de ter dado na infância.
Porque metade de mim é a lembrança do que fui, a outra metade eu não sei...

Que não seja preciso mais do que uma simples alegria para me fazer aquietar o espírito.
E que o teu silêncio me fale cada vez mais.
Porque metade de mim é abrigo, mas a outra metade é cansaço.

Que a arte nos aponte uma resposta, mesmo que ela não saiba.
E que ninguém a tente complicar porque é preciso simplicidade para fazê-la florescer.
Porque metade de mim é a platéia e a outra metade, a canção.

E que minha loucura seja perdoada.
Porque metade de mim é amor e a outra metade... também!


Kiseessssss by Pequenita

 
At 6:51 PM, Blogger wind said...

4 excellentes registos:)
Parabéns por isso!;)
beijos

 
At 7:24 PM, Blogger Luisa said...

Gostei de todos os textos mas o que mais me emocionou foi o do eco. Ai se as nossas palavras e os nossos desejos ecoassem por todo o mundo, como ele se transformaria!

 
At 7:58 PM, Anonymous Anonymous said...

Una vez lei por ahí "nunca dejes de sonreir, porque nunca sabes quien pueda enamorarse de tu sonrisa". Por eso hay que andar con cuidado, nunca sabes quién pueda hacer "eco" de ti...

Saludos cariñosos que nos mantengan todo el 2007 en contacto!.

Karolina

 
At 10:18 PM, Anonymous Malamala said...

Feliz año, mixtu, de todos los colores, todos son bellos, elige el que más te guste y que la felicidad te rodee todos los días :D

 
At 11:12 PM, Anonymous Wendy said...

Wow...muchos besos, me encanta leerte

 
At 10:58 AM, Anonymous Anonymous said...

ainda não percebi porque estás no ano de 2008. não que o tempo medido seja assim tão importante! (só mesmo para contabilizarem as horas que passo no trabalho e pagarem-nas!)

O poema de Ricardo Reis é um amor demasiado cândido :))

mais vale enlaçar as mãos o corpo e a boca e o resto logo se vê!

bom dia! beijos

 
At 11:15 AM, Anonymous Anonymous said...

Ah!!!! Já percebi porque sou fã de Caeiro, nem por isso Ricardo Reis, Alvaro é um chato e Fernando mesmo um depressivo mas gosto!!

eheheheh

(as cartas de F.P. à paixão dele são completamente... terá morrido virgem?)

ok ok não brinco mais com o poeta morto... :))

(meio beijo? como se faz?)

 
At 12:03 PM, Blogger Seleka said...

me apunto a eso de cuidar el lenguaje, procurar que mis palabras y mis gestos inviten a los buenos gestos y las bellas palabras...
Más aplausos ;)

 
At 2:25 PM, Blogger Trini said...

Oír un te quiero, aunque provenga del eco...

Un abrazo

 
At 2:29 PM, Anonymous Anonymous said...

Gostei muito do que ouvi e do que li.
Beijinhos

 
At 9:38 PM, Anonymous Anonymous said...

Jo la verdad es que el poema de Pessoa me ha gustado un montón!.¿Qué tal esa entrada en el nuevo año? Yo aún haciéndome a los quehaceres cotidianos laborales!, pero bueno sin oponer excesiva resistencia ¿eh?.Bueno un besito grandeeeeeee.

 
At 9:54 PM, Anonymous Anonymous said...

=P =P =P =P
Besos

 
At 11:25 PM, Blogger sensual said...

Ricardo Reis...
E quem nunca foi ao rio?

Beijinhos.

 
At 2:24 AM, Blogger Poemas e Cotidiano said...

Meu querido Mixtu:
Senti saudades, vim ver voce. Como esta voce, meu amiguinho? E a Carmencita?
Nossaaaaaaaaa que saudades!
Um beijo carinhoso
MARY

 
At 6:38 AM, Anonymous Corazón... said...

Hola Mixtu :-)

Es grato visitar tu espacio y encontrarse con cosas tan hermosas llenas de sentimientos :)

Te dejo un abrazo lleno de cariño y mis mejores deseos siempre...

;o)

 
At 8:35 AM, Blogger chuvamiuda said...

...........


Bom Dia


Abraço

 
At 9:50 AM, Blogger segurademim said...

... e não queres ir até Dakar a cavalo????

catapimcatapimcatapim catapim catapim

 
At 10:24 AM, Anonymous Anonymous said...

teorema:
a poesia é bonita

confição 1 : a vida é bonita,
condição 2 : a vida é poesia,
logo a poesia é bonita...

até a matemática prova tal teorema...

um beijo dos nossos
s.w.

 
At 10:28 AM, Anonymous Anonymous said...

ai...

ainda não me habituei a estes teclados...

não é confição, mas condição...
ups...

aquele abraço de aeroporto
s.w.

 
At 12:50 PM, Blogger Vida said...

"Gosto muito de ouvir os silêncios", uma frase que digo muitas vezes porque são nesses silêncios que eu ouço e sinto a natureza, nem que seja o bater de um coração.

Feeeliiizzz Annnnooooooo 2007 para ti com ecos de amor. Beiiiiijoooosssssss.

 
At 1:14 PM, Blogger Luisa said...

Realmente há muita gente que quer voltar ao campo. Mas o campo também já se transformou ao querer imitar a cidade. Obrigada pela visita,

 
At 1:19 PM, Blogger Caiê said...

Ai, se esse rio falasse... Ahahaha!

 
At 1:47 PM, Blogger Um Poema said...

Simplesmente belo!
Um abraço

 
At 2:01 PM, Anonymous Anonymous said...

Hoje passei só para deixar um abraço e dizer que a natureza aqui por estes lados está cada vez mais excassa e o frio também se faz sentir bastante.

 
At 2:38 PM, Anonymous natalia (cenicienta) said...

precioso, me ha encantado especialmente lo q ha escrito brisa.. cuidaré mis emociones para q su eco sea positivo. besoss
PD: Ojala pueda volver pronto al Algarve, ya q me encantó el sitio.. besos

 
At 3:47 PM, Blogger anatema said...

Amigo Mixtu. Me encantan esos poemas que nos dejas.

Y me encanta que sea el río el protagonista.

Un abrazo y Feliz Año.

 
At 8:00 PM, Blogger greentea said...

já está editado o livro "O que é o Amor"?

encomenda já esta obra inédita na blogosfera.
beijinhos

 
At 10:54 PM, Anonymous Anonymous said...

marhaban, mixtu, ismi 'ahabba,

ila l-liqa...

maca s-salāma

elí

 
At 11:39 PM, Blogger escorpyana said...

oi,gostei de sua visita,que lindos textos.Vou te linkar,posso?Tenha uma semana deliciosa.
beijusssssssssss

 
At 3:18 AM, Blogger iLusiOnHada said...

El río de tu poesía me empapa esta vez y me dejo mojar por tus letras q hidratan mi perdida mente...

He descubierto ese Eco y es mágico, he dado besos cálidos y me los han correspondido cuál eco entre montañas, eso es magia para mí...

un beso grande desde mi escondite... te espero, te leo, me empapo y te disfruto :)

 
At 4:30 AM, Anonymous Anonymous said...

Que poesia mas linda y la historia del eco pues si hasta me dieron gans de salir a buscar mi eco pra sentirme abrazada en el :-)
Un besooooooooo con eco par aque dure toda la semana :-)
Gracias por tu compañia y tu simpatia la que siempre dejas en tus lineas :-D
Muackkkkkkkkkkkkkkkk besitos besiots besitos con mucho ecoooooo

 
At 4:36 AM, Anonymous Anonymous said...

Me fui a una montaña biennnnn altaaaaa y grite fuerte
Besitosssss , besitosss, besitossssss y los guarde en una botella , ey cn cuidado al abrirla no vaya a ser que te quedes sordo jiijj :-)
MUACKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK besitos bigotudos de esquimal :-D

 
At 12:42 PM, Anonymous Anonymous said...

Vaya...Y no me dejo de admirarme con tan lindo poema...

Saludos y abrazos

 
At 1:16 PM, Blogger Santa said...

MIXTU

para você:

"Se um dia meu coração for consultado
Para saber se andou errado
Será difícil negar

Meu coração tem mania de amor
Amor não é fácil de achar
A marca dos meus desenganos ficou, ficou
Só um amor pode apagar

Porém (ai, porém)
Há um caso diferente que marcou num breve tempo
Meu coração para sempre
Era dia de carnaval

Carregava uma tristeza
Não pensava em outro amor
Quando alguém que não me lembro anunciou:
Portela! Portela!
O samba trazendo alvorada
Meu coração conquistou

Ai, minha Portela, quando vi você passar
Senti o meu coração apressado
Todo o meu corpo tomado
Minha alegria voltar

Não posso definir aquele azul
Não era do céu; nem era do mar
Foi um rio que passou em minha vida
E meu coração se deixou levar"


("Foi um rio que passou em minha vida" de Paulinho da Viola)

 
At 7:55 PM, Anonymous Anonymous said...

bello!!!!! bello!!!!! bellísimo!!!!!!

 
At 7:55 PM, Blogger Javi said...

bello!!!!! bello!!!!! bellísimo!!!!!!

 
At 8:02 PM, Blogger aflores said...

E eu ouvi o eco. Abraços grandes ;)

 
At 9:56 PM, Anonymous su said...

170 comentários? txii! isto nao é inveja nem pensar! o k conta é a qualidade! 1/2 beijo?

 
At 10:34 AM, Blogger bohemiamar said...

Ven a mi cumple, estás invitado, eres otra estrella.

Un abrazo.

bohemiamar.

 
At 3:45 PM, Blogger Haddock said...

Pahhh, já tinha saudades tuas!! Abraço.

 
At 5:33 PM, Anonymous Anonymous said...

Quiero dejar aqui un abrazo mas fuerte que el anterior.

Muchas gracias por sus palabras, me han aliviado mucho.

Besitos,

 
At 6:43 PM, Anonymous Anonymous said...

Pues sí... tienes mucha razón querida amiga... Si todos hablaramos con más dulzura quizás fuera diferente y mejor.

Besos encanto...
Y muy graciosa la foto de los aplausos jejeje!!

 
At 6:49 PM, Blogger Cucagaio said...

Pelos vistos anda muia gente a ir ao rio. Bom fim de semana.

 
At 9:59 PM, Blogger chocoadicta said...

Bonita elección como siempre...
Feliz 2007! Espero que tengas una año extraordinario lleno de felicidad y de deseos cumplidos :). Un abrazo

 
At 10:25 PM, Anonymous Anonymous said...

saluwikis y gracias por pasarte por el blog de dibujitos y películas ;)

 
At 9:09 AM, Blogger azzura said...

Muy buen fin de semana Mixtu.. sé feliz;)

Cariñosssss CCCC

 
At 9:12 AM, Blogger Alba said...

Diaaaaaaaaaaaa...
Feliz 2007!!!
Pois é mor... eu amo água, sou louca por água e por verde e por montanhas...
Acertou na mosca o post!
Beijão

Alba

 
At 5:22 PM, Blogger segurademim said...

... já vou a caminho!!!!!

besito ;)

 
At 5:36 PM, Anonymous Anonymous said...

tu y tus bellas frases,me llenan de tranquilidadm , ya extrañaba pasar a visitarte Mixtu .
saluotess!!

 
At 6:00 PM, Anonymous Anonymous said...

Ya había pasado, pero vengo a dejarte besos y excelente fin de semana!

 
At 10:57 PM, Anonymous Anonymous said...

Morosini es un gran poeta, más conocido dentro de su país que desde fuera, pero con grandes escritos.Su hijo Ernesto,un buen amigo, tiene ademas un blog muy agradable, que está en la lista del mio, y podrás conocerlo si quieres.Besos amigo

 
At 12:40 AM, Blogger ruth iara said...

Teu desejo de que sejamos felizes repercute um pouco, pois de longe e de perto sinto que há nele uma carga resoluta de vontade e de sinceridade.

Beijos!

P.S.
O antigo blog ficou como estava e tenho colocado geralmente muitos vídeos e poucas palavras no

http://filhadosoledalua.blogspot.com
e
http://naturezaaindaquetardia.blogspot.com

Tenho visitado pouco os blogs pelos quais tenho carinho como este seu e lido mais fora da internet.

 
At 10:39 AM, Blogger MentesSueltas said...

Simplemente hermoso y gracias por compartirlo.

Un abrazo

MentesSueltas

 

<< Home

António Vega-Lucha de gigantes

_______________________________________________25.000 visitantes (Anterior counter),
ecoestadistica.com