Sunday, March 20, 2016

Um suspiro do campeão!


- Pai, na escola estou a fazer um texto para o dia do pai, vais adorar!
- Cool, todos os meninos têm pai?
- Há uma menina que não tem pai, morreu num acidente.
- Então é triste pois não faz uma prenda.
- Ela faz Pai, e o texto diz:
"Esta é a memória de um Super Pai!"
(Suspiro soprado do campeão)
Se há pastorinho com um coração do tamanho do mundo é o meu campeão...

19 Comments:

At 12:52 PM, Blogger Pedrasnuas said...

Um pai babado, Mixtu. Dias de pai e mãe começam a ficar alterados, o conceito de família já não é o mesmo. Há crianças educadas por dois pais, por duas mães... ou só por um dos dois... pelas mais diversas razões... Esta treta de celebrar dias para tudo, não altera a degradação em que vivemos; pais matam filhos bebés... mães idem... a crise dá um empurrão...

Há demasiada violência no seio da família e não só!

Beijo :-)

 
At 12:57 PM, Blogger rendadebilros said...

Os pequenos heróis dão-nos tantas lições de vida! Abraço.

 
At 12:57 PM, Blogger rosa-branca said...

Não olhem ao tamanho do campeão, pois o coração não lhe cabe no peito. Beijos com carinho

 
At 1:14 PM, Blogger Graça Pires said...

Muito belo e sensível este texto.
Beijo.

 
At 9:35 PM, Blogger CÉU said...

que pai babado... parabéns...

abraço.

 
At 10:47 AM, Blogger Maré Viva said...

Lindo!
Há memórias que jamais se perdem e essas sim, fazem jus ao nome que carregam.
Ainda que saiam a porta, levam chave...
Beijos.

 
At 8:37 PM, Blogger MARILENE said...

Que encanto! Seu campeão tem sensibilidade e é atento aos detalhes. Um lindo diálogo. Abraço.

 
At 11:59 PM, Blogger rosa-branca said...

Mixtu, passei para te desejar uma Páscoa muito feliz com muita saúde, paz e muito amor. Beijos com carinho

 
At 6:32 PM, Blogger Jaime Portela said...

O que mais faz falta são pessoas de coração grande...
Uma PÁSCOA MUITO FELIZ, caro amigo MIXTU.
Abraço.

 
At 12:48 AM, Blogger manuela barroso said...

E depois do suspiro, aquela mão onde pousa o mundo!
Feliz Páscoa, MIXTU

 
At 11:47 PM, Blogger MAR said...

Cumprimento bonito, Dia dos Pais é sempre triste quando nossa morreu, pelo menos eu ainda amo a minha muito e me fez tão necessário.
Afeição por você.
Muito bom post.
mar

 
At 2:51 PM, Blogger O Árabe said...

... e nada como ver os nossos filhos no caminho certo, não, amigo? Belo texto! Meu abraço, boa semana.

 
At 4:12 PM, Blogger © Piedade Araújo Sol said...

enternecedor...

:(

beijo

 
At 5:43 PM, Blogger Fá menor said...

Lindo! :)

Continuação de BOAS FESTAS Pascais!

 
At 8:42 PM, Blogger Ana Tapadas said...

Que pena ter nascido há tanto tempo...sem pai. Belo campeão o teu!

Beijinho

 
At 12:30 AM, Blogger Boop said...

Fico surpreendida às vezes com o que sai da boca dos petizes.
E é maravilhoso deixarmo-nos surpreender.
Quanta sabedoria, no que dizem, na sensibilidade com que o fazem, às vezes no que intuem sem saber sequer explicar o raciocínio, ou o verdadeiro significado das palavras.
Olha... Que os nossos possam crescer com os pais por perto!

 
At 1:51 PM, Blogger Mário Margaride said...

Belíssimo exemplo, amigo MIXTU!
Abraço e boa semana.

 
At 3:25 PM, Blogger Suzete Brainer said...

Um texto com a ternura do encanto das crianças!...

Grata pelas suas gentis visitas e cometários no meu espaço!

 
At 5:55 PM, Blogger Ailime said...

Boa tarde Mixtu,
Muito obrigada pela sua visita e comentário.
Um dialogo maravilhoso entre pai e filho.
Uma ternura.
Quando o pai dá o exemplo o filho só pode ser campeão!
Um beijinho para ambos.
Ailime

 

Post a Comment

<< Home

António Vega-Lucha de gigantes

_______________________________________________25.000 visitantes (Anterior counter),
ecoestadistica.com